Roupas de corrida: compras e desejos #especialdeinverno

Olá, Gurias! Tudo em ordem com vocês?Comigo sim...

Gurias, como vocês já sabem tenho tentado mudar meus hábitos de vida e dentre as mudanças está incorporar a corrida como uma atividade de rotina, como algo que faça parte do meu cotidiano. Ainda estou a passos de formiga nesse projeto e aos poucos está tomando forma. Na semana passada, quando machuquei meu pé e tive que obrigatoriamente ficar alguns dias sem ir para a pista, senti falta e comecei a infernizar a vida dos treinadores (e a do meu marido também rsrs) porque eu queria voltar para a pista. Confesso que fiquei muito feliz por ter sentido falta, sinal de que a corrida já está começando a integrar a minha vida de verdade!
Como uma mulher relativamente consumista que sou, não poderia deixar de fazer umas comprinhas para encarar esse projeto, né? Afinal, o que seria do comércio sem esse grupo de pessoas consumistas rsrsr

As compras começaram no ano passado, antes mesmo de começarem os treinos... Foi uma coleção de coisas, mas  grosso mesmo está vindo agora, com o frio, pois as roupas para treinar no verão eu já tinha de quando comprei para ir a academia em 2015 e acabei não indo rsrsr Ou seja, estavam novas. Agora as de frio, eu não tinha nadica rsrs

Depois de ficar meses pesquisando (antes de começar a esfriar, lóoooogico!), descobri algumas dicas básicas que seria interessante seguir na hora de comprar as roupas que usaria para treinar nos dias frios. Conversei com os treinadores que me acompanham e com algumas mulheres que já correm há algum tempo (anos). Procurei falar com pessoas que moram em regiões com clima semelhante ao daqui da região, uma vez que, cada região, tem seu frio rsrs

Eis as dicas para acertar (errar menos) na aquisição das roupas para atividade física - corrida e caminhada!

Prefira roupas confeccionadas em Poliamida ou Poliéster ao invés de 100% algodão: sim, eu também achava que, assim como via no cinema, as roupas ideais para correr em dias frios eram aqueles moletons fofinhos rsrs engano o meu!


Vale citar aqui um trecho da entrevista que o prof Mario Roque, professor do curso de Moda na Universidade de Caxias do Sul (UCS), deu ao site clicRBS sobre a escolha da composição das roupas de acordo com a atividade física:

CAMINHADA: "como o exercício não é intenso, e o praticante não produz muito suor, basta que a roupa seja confortável".
Camiseta: 100% algodão. Calça ou bermuda: para homens, 100% poliéster. Para mulheres, tecido com 80% a 90% poliéster e 10% a 20% elastano (Lycra). 
CORRIDA: "enquanto o algodão absorve até 13% do seu peso em umidade, a tecnologia Dry Fit a absorção de umidade é menor que 0,5%. Garante um transporte rápido do suor para fora do corpo e o corpo sempre seco".Camiseta: 100% poliéster (Dry Fit). Calça ou bermuda: para homens, 100% poliéster. Para mulheres, tecido com 80% a 90% poliéster e 10% a 20% elastano (Lycra). MUSCULAÇÃO E GINÁSTICA:"do início ao fim do treino, a roupa não pode deixar o praticante desconfortável, com aspecto grudento devido ao suor". Camiseta: se a intensidade dos exercícios é moderada, tecido 100% algodão. Se o treino é intenso, Dry Fit. Calça ou bermuda: para homens, 100% poliéster. Para mulheres, tecido com 80% a 90% poliéster e 10% a 20% elastano. 

Ao sair às compras, descobri que as leggings em poliamida são mais confortáveis ao toque, mas também são um pouco mais caras do que as em poliéster. Dá inclusive para fazer uma "escadinha" de preço da mais cara à mais barata: 

  • Dry fit e afins (as da Nike e Adidas normalmente são confeccionadas com essa tecnologia. São mas mais confortáveis, não tem como negar! Tenho uma da Adidas e, se deixar, não tiro do corpo).  Não encontrei por menos de cento e lá vai...
  • Poliamida: é confortável, tem um toque macio... dá vontade de ficar passando a mo o tempo todo no tecido rsrs Encontrei para comprar na faixa dos setenta reais em diante...
  • Poliéster: confortável e versátil. Não dá para desejar ter uma dessas depois de ter vestido as opções anteriores, mas para ter um volume maior de leggings e intercalar entre os treinos, vale a pena. As últimas que comprei nesse material, paguei a partir de quarenta reais. 
Dca: SEMPRE olhe a quantidade de lycra que tem no tecido e o quão transparente fica... nada mais horrível do aparecera estampa inteira da calcinha, né?!

Essas são em poliamida, um conforto que só vendo. Ainda estão na minha lista de desejo!A primeira é a famosa cirré (brilha como uma luz kkkk) e as duas da direita são com textura... conforto é pouco para expressar o que senti quando experiemntei! 


Essas são as que eu mais uso: a da esquerda é em poliamida e a verde escura do canto inferior também. Já as duas do canto superior são em poliéster. 
Esta é a minha queridinha... mas só dá para usar no verão ou quando não está frio (até o início do outono usei essa!). A minha paixão é que esta corsário da Adidas conta com bolso na parte de trás e ainda por cima tem o famoso triângulo entrepernas, o que deixa muiiiiito mais confortável (e não marca NADA!).


Use camadas de roupas ao invés de uma bem grossa...
Essa dica é de ouro. Quem já foi para lugar que faz frio extremo, já deve ter escutado isso - ou então, já percebeu isso nos filmes e séries em que as pessoas estão onde neva... Todos parecem um animalzinho trocando a pele, de tantas camadas de roupas rsrs Durante a atividade física, essa é uma boa ideia, pois assim, dá para ir sentindo qual é a necessidade de roupas que você tem e o quanto precisa usar enquanto faz atividade.




Eu tenho encarado os dias mais frios com uma blusa de treino (aquelas fininhas estilo dry fit) de manga comprida ou não e uma jaqueta em poliamida. É uma dupla que me mantém aquecida, sem vontade de tirar a roupa durante o treino.

Essa blusa é da Riachuelo (a propósito, descobri hoje que está quase a metade do preço do que paguei nessa rsrs). Testada e aprovada. Só senti falta de ter um pouco mais de cor rsrs Adoro o bolso, a textura do tecido e o fato de ter os espaços para o relógio e para o polegar.  Já lavei várias e vezes continua nova!
Ainda preciso comprar o famoso "corta vento" com proteção para chuva...


Canelitos e manguitos podem ajudar a aquecer...
Ok, sabemos que dessas peças vai além de aquecer o corpo, mas ajudam e muito! A dica foi de um dos meus treinadores, quando questionei eles em relação as roupas e acessórios que eu poderia usar nos dias frios, já que sou friorenta. A vantagem desse acessório e que dá para continuar usando a camiseta de manga curta e colocar só o manguito... nas pernas, dá para usar o shorts ou corsário e terminar de aquecer as pernas com os canelitos. 

Nos dias mais frios, tenho usado o canelito sob a legging (que vai até o tornozelo) e tem sido uma das melhores ideias, já que eu sinto muito frio nas canelas rsr Manguito eu nunca usei, mesmo porque, sinto frio em todo o dorso, não só nos braços, mas meu marido que pedala, tem usado manguito ao invés de uma blusa mais quente e tem gostado muito dessa ideia também. 


O meu é esse cinza, básico! Comprei no stand da Fábrica de Meias, durante o Ironman desse ano em Florianópolis. Confesso que eu fiquei desejando ter uma coleção, coloridos e cheio de estampas, mas como era o primeiro, optei por um mais neutro! Quem sabe em breve não compro outros, não é mesmo? 

A propósito, em conversa com a empresa, consegui um CUPOM de DESCONTO para os leitores aqui do blog! Basta acessar o site da Fabrica de Meias (FMSports), fazer suas compras e ao finalizar, antes do pagamento, colocar o cupom: TRUQUESDEMENINAS. Será dado 12% de desconto! 

E, agora que dei uma navegada pelo site da Lupo, descobri que tenho uma lista de desejos enorme de lá rsrsr (novidade, né? Impossível ver as coisas da Lupo e não desejar...) kkkk Mas isso é assunto para outro post!

Sobre as luvas... ainda não comecei a usá-las, mas já estou começando a sentir falta delas. Gorro eu acho que não vou chegar usar, mas boné, ah, esse estou desejando já tem algum tempinho... 

E vocês, quais roupas usam para continuar fazendo as atividades físicas mesmo nesses dias mais frios? Têm alguma dica para compartilhar? 


bjinhos, bjinhos,
Ana Laura 

0 comentários

Deixe o seu comentário aqui.