sexta-feira, 28 de abril de 2017

Seguro Viagem: Plano Prime Mondial Travel e desconto esperto!

Olá, Gurias! Tudo em ordem com vocês? Comigo sim!

Gurias, não sei se cheguei a contar aqui no blog, mas quando viajei para a Espanha, em 2015, fiquei bemmmm perdida quando soube que teria que contratar seguro viagem e saúde para a minha permanência lá. Na verdade eu não tinha nem ideia de como faria isso.

Depois de algumas pesquisas acabei na Mondial Travel, empresa de seguro viagem e assistência, por indicação de amigos que viajam muito para fora do país e também após ler vários depoimentos sobre a qualidade do serviço das empresas que atuam nesse ramo... 


Durante a minha estadia em Santander/Espanha,  infelizmente acabei precisando utilizar  atendimento médico. Para a minha alegria, foi tudo perfeito! Sério, nunca imaginei que seria tão bem atendida... o processo de intermediação e busca pelo hospital para me atender da Mondial foi muito mais rápido do que eu esperava... e o atendimento na clinica indicada também foi muito acima das minhas expectativas (inclusive muito melhor do que alguns atendimentos que já recebi aqui no Brasil, usando plano de saúde "famosinho"). Depois disso, não tive como negar a parceria da empresa, já que eu percebi que daria para falar da Mondial com segurança rsrs 

Acesse e confira as promoções!
Essa semana recebi um anuncio do lançamento de um novo serviço: o "Plano Prime", 

um Seguro Viagem criado especialmente para os viajantes que buscam opções ainda mais completas de proteção durante uma viagem. Agora passeios para Europa, América do Norte e Central contarão com limites maiores de coberturas médicas, hospitalares, entre outras. 

Quem já viajou para a Europa sabe que o seguro para lá tem que ter um valor bem mais elevado do que para outros lugares. Alguns destinos pelo mundo afora, por exemplo, demandam limites de coberturas maiores devido ao alto custo do serviço de saúde no país e podem custar até 8 vezes mais caro do que o mesmo procedimento no Brasil, dependendo do local. 

E não, nunca ouse viajar sem seguro, mesmo que não seja obrigatório, já que cada lugar do mundo tem um jeito diferente de tratar essas questões da saúde e em alguns custam "o olho da cara" antes mesmo do tratamento começar rsrs

Para aproveitar as vantagens e conhecer mais sobre os seguros da Mondial, acesse o meu link parceiro. Assim você ganha o seu desconto e eu os meus trocadinhos! A propósito, esse mês tem promoção 30% OFF*...

*Confira as regras da promoção no SITE
E vocês, já utilizaram esse serviço? Como costumam contratar seguro vigem quando precisam? Já tiveram que usar o serviço de seguro durante a viagem?

Bjinhos, bjinhos,
Ana Laura

quinta-feira, 27 de abril de 2017

Como editar imagens e criar capas para redes sociais: meus sites e app preferidos

Olá, Gurias! Tudo em ordem com vocês? Comigo sim...

Editar foto é um trabalho sério, aliás, é a profissão de muita gente e admiro muito! Para ao cotidiano do blog e das minhas atividades na web e fora dela, eu mesma quem edito as imagens que preciso. Apesar de não ser uma profissional nessa área, encontrei algumas ferramentas - sites e app para edição de imagem e criação de capa para redes sociais - que facilitam muito e, com um pouco de esforço, deixa o resultado final bem legal. 


Entre os sites e aplicativos para edição que mais gosto (e mais uso atualmente) estão: Piktochart, Fotor e PicsArt. São ferramentas para edição de materiais de forma virtual - ou seja, não precisa fazer download no pc, de fácil acesso e também fáceis para aprender a usar. Os apps, não são tão pesados quanto alguns outros e têm diversas ferramentas, fazendo valer o espaço que ocupa na memória do celular rsrs

Vou explanar um pouco sobre cada um deles e como (para que) uso! Assim dá para vocês terem uma ideia de algumas das possibilidades de trabalho com esses sites e app

Piktochart
Com o Piktochart eu gosto de criar grandes imagens, como por exemplo, um "folder" para mandar por e-mail, uma divulgação que pretendo imprimir em tamanhos maiores... enfim, trabalhos que exijam que eu coloque muita informação. Um exemplo de uso, é o meu Mídia Kit e a Apresentação do blog, que fiz utilizando as ferramentas do Piktochart.
Uma das grandes vantagens é que além de ter modelos gratuitos, dá para deixar o material salvo no site e editar cada vez que precisar, sem ter que começar um material do zero. Além disso, dá para fazer download em diferentes formatos (utilizo a forma gratuita e já me satisfaz bem, apesar de morrer de vontade de comprar alguns layouts prontosrsrsrs).



Fotor 
O Fotor é meu companheiro fiel de edição de imagens para o blogue e outras redes sociais... sinto um calafrio só ao imaginar que um dia ele possa vir a deixar de existir. Desde que descobri essa ferramenta (acho que tem uns 3 anos), é minha principal forma de edição de imagens.

Como a ideia com as imagens do blogue sempre foi apenas colocar a logo, fazer uma montagem ou outra, colocar algumas bordas ou texto (não uma edição de photoshop profissional), o Fotor mais do que atende as minhas necessidades.

Uma das coisas que mais gosto é que tem VÁRIOS modelos prontos de montagens, nos tamanhos certinhos para cada uma das redes sociais que utilizo. Ou seja, consigo editar imagens e criar fotos, montagens e capas para as diversas redes sociais de forma padronizada, sem ficar passando raiva por errar ou acertar no tamanho rsrs

Além disso, sempre tem uns adereços "fofos" de acordo com as datas comemorativas. Só uso a ferramenta no modo gratuito, então, não fique de mimimi que as coisas mais lindas estão no modo pago (ok, eu sei que isso é uma verdade, estão mesmo!) pois dá para usá-la assim mesmo, basta ter um pouco mais de criatividade aplicada! Que um exemplo? AS fotos de abertura das postagens aqui blogue, a maioria (para não dizer todas dos últimos 3 anos) são feitas nesse site!



PicsArt 
Apesar de ser uma ferramenta que precisa ser instalada no celular, o PicsArt (iTunes, Microsoft Android)  é de longe o aplicativo que mais gosto quando o assunto é editar imagem pelo celular, em especial se preciso colocar o texto de forma circular (como faço em algumas fotos de unhas). Dá para tirar fotos com a câmera dele ou pegar as fotos da galeria. Uma das ferramentas que mais em encanta é com toda a certeza a possibilidade de escrever o texto circular rsrs (inclusive já fiz um post aqui no blog falando apenas sobre essa função e como usá-la, já que tinha sempre alguém me perguntando como colocar o texto/logomarca em cima da unha, de forma circular, sem usar o photoshop).

Como colocar o nome em foto de unhas sem usar photoshop

Além das ferramentas de edição e fotografia, o app conta com uma galeria, dá para dizer que é uma rede social para quem gosta de foto - aliás, nesse aspecto, lembra o Flickr. Às vezes deixo salvo na galeria, mas como geralmente uso o app apenas para colocar o nome, acaba fazendo download ou subindo a foto direto para a rede social que desejo, que geralmente é o Instagram.


E vocês, quais são as ferramentas de edição de imagem online que mais gostam de usar? Alguma para indicar? Também são apegas como eu, que quando se apaixona por uma, não trocam mais?

Bjinhos, bjinhos,
Ana Laura 

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Como fazer um quimono em casa usando fita dupla face

Olá, Gurias! Tudo em ordem com vocês? Comigo sim!

Gurias, como vocês já sabem, hoje será a Festa das Estrelas com Champanhe (aheee!!! Finalmente chegou o tão esperado 19 de abril!) E a edição da vez é tema: Japonesa. Confesso que me empolguei, desempolguei e empolguei de novo... afinal, nunca tive nada com o estilo de roupa da cultura japonesa – a não ser o meu amor por cerejeiras e pelo universo Kawaii (ainda falarei mais sobre isso aqui no blog!). Como a festa é de adultas, não rolava ir vestida estilo Kawai, pois de duas uma: ou eu ficaria parecendo uma criança, ou uma ninfetinha rsrsr Então, comecei a pesquisar o que usaria na tal festa...


Há algumas semanas, durante a minha pesquisa sobre o look para a Festa Japonesa, aproveitei e fiz um post aqui no blog, com diversas inspirações: quimono tradicional, quimono “estilizado”, looks inspirados na cultura, misturando com a nossa... enfim, deu para ter muitas ideias...

Eis que eu coloquei na minha cabeça que queria um quimono com estampa de flor de cerejeira ou preto com flores vermelhas. Achei alguns prontos na internet e quase fechei parceria, mas os CORREIOS estavam em greve bem durante o período que seria legal ter feito a divulgação, então melou a ideia. Aqui na cidade vi alguns quimonos, mas não tinham a estampa exatamente como eu estava imaginando, e gastar só por gastar, não é a minha praia!

Eis que essa semana quando fui buscar meus ingressos, pensei: vou passar numa loja de tecidos, se tiver a estampa que eu quero, tento fazer. Se não der certo ou não tiver a estampa, compro um quimono pronto... 

Pelo jeito a sorte estava do meu lado! Não é que encontrei a estampa exatamente como eu imaginava?! O preço era amigo e dava para arriscar o trabalho. Resultado: mãos à obra! 

Materiais que usei: 

1,10 de cetim

Tesoura

Fita métrica e minhas medidas

Máquina de costura (ou cola para tecido)

Fitas de cetim para acabamentos

Linhas nos tons do tecido escolhido

Fita dupla face

Primeiro tirei as minhas medidas e defini como queria que o quimono ficasse (larguinho e comprido). Tenho 1,67cm e fiz meu quimono com 80cm de altura. 


Comecei com um teste na modelo Barbie (rsrsr) troquei umas ideias sobre costuras com a minha mãe, por whatsapp mesmo, pesquisei uns modelos na internet e voilá... saiu o meu quimono!


A dica da vez é: ao invés de alinhavar, usei FITA DUPLA FACE. Isso mesmo que você leu... usei aquela fitinha dupla face que usamos na papelaria. Ajudou a deixar cada pedacinho de tecido no seu lugar a a não ficar escorregando... durante a costura (pela primeira vez) não passei nem um pouco de raiva e não gastei uma vida alinhavando...

Como disse a minha mãe quando contei para ela: “isso é modernidade, tem que aproveitar as ideias! ”
Tudo "alinhavado", fui para a máquina de costura. Costurei as laterais e as mangas. Para os acabamentos, usei fitinha de cetim e franja. Para fixá-las, usei cola para tecido. 


E eis o resultado! Quimono prontinho para ser usado no meu look de hoje à noite! O cinto eu comprei, mas certamente poderia ter sido feito em casa também! rsrs


Assim que saírem as fotos oficiais do evento, compartilho todos os cliques e detalhes da festa com vocês!

E vocês, já ousaram costurar o seu próprio quimono? Esse que eu fiz também dá para ser feito usando cola para tecido (pelo menos foi o que li por aí!). No entanto, preferi usar a costura mesmo... depois que tive essa ideia da fita dupla face no lugar do alinhavo, acho que vou me inspirar e costurar mais coisas rsrsr

Bjinhos, bjinhos,
Ana Laura 

segunda-feira, 10 de abril de 2017

Botas: as queridinhas para os dias frios - tendências outono/inverno 2017

Olá, gurias! Tudo em ordem com vocês?  Comigo sim...

Gurias, aqui em Joinville os dias de outono estão cada vez mais autênticos rsrsr friozinho, com um sol disfarçado e um pouco de chuva no meio de tudo isso... rsrsr Como o clima deu uma refrescada, não tem como não começar a lembrar das queridinhas para os dias frios: botas, coturnos e afins...


Para quem investiu em botas e coturnos no final da temporada de inverno do ano passado (como eu!) acertou em cheio! Aliás, sempre gosto de comprar as peças fora de temporada hehehe acabo conseguindo coisas lindas a precinhos camarada!

Quem ainda não investiu seu rico dinheirinho numa bota ou coturno ( ou que assim como eu está louca para investir mais algumas verdinhas nesse modelo de calçado) vem comigo que eu fiz uma seleção de alguns modelos que são perfeitos! Para facilitar, escolhi algumas marcas pelas quais sou apaixonada (e de confiança!), pois sempre apresentam produtos com qualidade e conforto.

Minha seleção Arezzo outono/inverno 2017






Minha seleção Dakota outono/inverno 2017











Minha seleção My Comfort outono/inverno 2017




Usaflex outono/inverno 2017

Deu pra perceber que muitos modelos de bota já foram tendência no ano passado (e outras há muitos anos rsrs)... ou seja, quem comprou as botas no final da temporada, poderá usar e abusar das queridinhas! E para quem gosta de ousar um pouco mais, vale investir nas tendências desse ano, que aliás, trazem calçados com muito conforto, como por exemplo os calçados com salto bloco quadrado e o solado tratorado. 

Se observarmos, tudo que está em alta nas roupas, está também nos calçados: verniz, brilho, texturas, couro, veludo... 

Confesso que estou louca pelas botas com solado tratorado, em especial a pretinha da Arezzo (apesar de ainda não acreditar que a usaria muitas vezes!). Outra que não sai do meu coração (e essa é uma daquelas que não sai do pé), são as botas estilo coturno da Dakota. Além de serem super confortáveis, são uma mão na roda, já que dá par usar tanto nos dias frescos de outono, quanto nos mais gélidos do inverno; vai bem com saia, shorts, calça, vestido... enfim, é uma bota daquelas que "tem que ter" no closet rsrsr




E vocês, quais são as suas queridinhas? Quais ainda "precisa" comprar para essa temporada?

Ah, se você sempre fica em dúvida quanto ao tamanho da bota e sua altura, vale a leitura desse post aqui, que fiz há algum tempo, mas que é atual! 

Bjinhos, bjinhos,
Ana Laura 

domingo, 9 de abril de 2017

Bolo de arroz cru - sem glúten (e sem lactose!)

Olá, Gurias! Tudo em ordem com vocês? Comigo sim...

Gurias, em dezembro do ano passado passamos uns dias na casa da minha sogra... e, como sempre, ela fez umas gostosuras! Entre as comidas deliciosas estava uma bolo "misterioso" que comemos no café da tarde... quando a minha sogra me pediu para adivinhar do que era o bolo, chutei tudo quanto é opção - e não acertei, lógico. Quando é que eu imaginaria que daria para fazer bolo de arroz cru... 

Eis que já me aligeirei e pedi a receita! Diferente do meu marido, que odeia compartilhar os detalhes das suas receitas, antes de eu vir embora minha sogra me entregou um papel manuscrito com os todos os detalhes de como preparar o delicioso, leve e saboroso bolo de arroz. Uebaa!!!

Há alguns dias fiz a receita pela primeira vez, ainda com uns pezinhos atrás, já que não sou muito habilidosa na cozinha e foi sucesso (em casa e no trabalho do marido!). Eis que hoje repeti a dose...


Agora chega de papo e vamos para a receita do delicioso Bolo de arroz cru - sem glúten (que pode virar sem lactose, só substituir os produtos!).                     

Ingredientes: 
1 xícara (chá) de arroz cru (210 g)
200 ml de iogurte natural (1 xícara de chá) - usei um copo de iogurte natural Vigor
3/4 xícara (chá) de óleo (180 ml) na primeira vez usei 12 colheres de margarina e também deu certo, mas hoje fiz com óleo e achei que ficou mais saboroso. 
4 ovos
1 xícara (chá) de açúcar (200 g)(um pouco menos, como 1/4, fica melhor!)
50 g de coco ralado (½ xícara de chá) -   usei o Sococo, desidratado e parcialmente desengordurado. 
50 g de queijo parmesão ralado (½ xícara de chá) - na primeira vez usei um pacote do queijo tipo parmesão Parmíssimo e o sabor do queijo ficou bem marcante. Hoje optei pelo Vigor e achei mais harmônico.
1 colher (sopa) de fermento em pó

Modo de preparo
Em uma tigela coloque 1 xícara (chá) de arroz cru, cubra com água e deixe de molho por 3 horas. Depois deste tempo, escorra o arroz e transfira para o liquidificador; junte o iogurte natural, o óleo ou margarina e bata bem até dissolver o arroz. Com o liquidificador ainda ligado, acrescente 4 ovos, o açúcar, o coco ralado, o queijo parmesão e bata bem. Adicione 1 colher (sopa) de fermento em pó e bata somente para misturar.

Despeje a massa em uma forma de pudim (24cm diâmetro x 7cm de altura) untada e leve para assar em forno médio preaquecido a 180°C por +/- 30 minutos (por aqui deu praticamente 1h de forno!). Retire do forno e deixe esfriar. Desenforme e sirva em seguida.

É isso! Apesar de demorar no processo de deixar o arroz de molho, é um bolo que vale a dedicação! Aqui em casa ainda é sucesso! rsrs Ah, e continua fresquinho e saboroso mesmo depois de dois ou três dias.

E vocês, já conheciam essa receita? Caso você faça, compartilhe as adaptações comigo!

Bjinhos, bjinhos,
Ana Laura 
testando