sábado, 30 de abril de 2016

Drop Dead Diva: uma série para relaxar

Olá, gurias! Tudo em ordem com vocês? Comigo sim...

Na semana passada nos rendemos a um teste com a Netflix aqui em casa... ainda não decidimos se de fato assinaremos ou não, mas confesso que agora que descobri alguns seriados novos, estou bem tendenciosa a abrir mão da televisão acabo (que quase não assisto) por ela hehe 

Eis que entre os seriados novos que estou assistindo, descobri mais um que é MUITO a minha cara: Drop Dead Diva. 


Drop Dead Diva é mais um daqueles seriados "mulherzinha", como dizem por aí, e estou achando perfeito para passar o tempo de forma descontraída, sem ter que ficar usando meu cérebro ou sem ficar ativando demais a minha imaginação e consequentemente minha hiperatividade (sim, seriados como Heroes (uma das séries que vejo com o marido e que ainda tenho que contar por aqui!) deixam minha imaginação a mil e não consigo dormir nem parar de pensar neles hehe

Pelo que li, essa série já passou na televisão aberta, em 2011, com o nome Sob Medida. Como nessa época eu era muito viciada em Gray's Anatomy, Dr. House e Gossip Gril, parece-me que não restava tempo para descobrir mais uma série. 

Para facilitar, e agilizar o processo sem eu dar muito spoiler, aí vai um resumão básico da Wikipédia para vocês terem uma ideia de como é a série dramática queridinha da vez...


A série conta a história de Deb Dobkins, uma fútil aspirante a modelo que morre em um acidente de carro. Ao chegar ao céu, descobre que está zerada: sem pecados e sem boas ações. Inconformada, aperta "return" no computador do anjo Fred e acaba no corpo da advogada que sofre com excesso de peso: Jane Bingum, que estava na mesa de cirurgia, após levar um tiro dentro de seu escritório.



A princípio inconformada, Jane vai se acostumando ao novo corpo fazendo uma junção da sensibilidade da modelo com a inteligência da advogada. As únicas pessoas que sabem sobre ela são sua melhor amiga, Stacy Barnett, e Fred, mandado para a Terra para ser seu anjo da guarda.



Com um novo corpo e uma nova vida, Jane terá que conviver com os colegas de trabalho que pertenciam a verdadeira Jane: a assistente pessoal de Jane, Terri Lee, que acaba se tornando além de sua amiga, também sua fortaleza; a rival de Jane, Kim, uma advogada esnobe que detesta Jane; o chefe mulherengo de Jane, J. Parker e o grande amor da sua vida quando ainda era Deb, Grayson. 

Jane e Kim - 1ª temporada
Gurias, apesar de ainda estar na metade da primeira temporada, estou amando. É uma daquelas séries que conto as horas para terminar logo as tarefas obrigatórias para poder correr ver pelo menos um episódio antes de dormir... Hoje, em especial, fiz uma maratona e vi quatro episódios seguidos. E, assim que publicar esse post, voltarei para minha maratona hehe

Para quem gosta de um drama, recheado de emoções, alegrias e um pouco de vida real, vale a pena assistir! Ah, sem falar nos looks da Kim, um mais lindo do que o outro! Ainda vou acabar fazendo uma pasta no Pinterest só com os looks dela! 


E vocês, que tipo de série gostam? Estão vendo alguma (s) nesse momento?

Bjinhos, bjinhos,
Ana Laura

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário aqui.

testando