sábado, 25 de maio de 2013

Planejando a melhor festa... #especialdenoivas

Olá Amadas! Tudo bem com vocês? Comigo sim! Diria que estou tendo dias realmente felizes depois de muitos não tão felizes rsrsr É, a vida é assim mesmo né, cheia de altos e baixos... Ainda bem que agora chegou a fase "dos altos" rsrs

Bem, chega de falar da minha vida e bora pro post que preparei para vocês! O de hoje faz parte do #especialnoivas que comecei neste aqui Especial Noivas...


Assim como todo evento, o casamento também requer inúmeros preparativos. Dentre esses, a escolha do vestido, do local da festa, da data... enfim, como já falei para vocês: não é tãoooo simples!

Atualmente, devido ao corre corre que todos vivemos, tem sido cada dia mais comum a contratação de pessoas especializadas em eventos como esse. E, dentre as empresas que conheço, escolhi a da Ivete Tansawa, uma equipe mais que perfeita para deixar o nosso "evento rosa" ainda mais brilhante!

E é com a própria Ivete que rola a entrevista com inúmeras dicas de quais são os passos mágicos para um evento brilhante. 

Bora conferir!

Ana Laura: Olá Ivete, é um prazer tê-la aqui conosco! E hoje, mais ainda, já que está aqui especialmente para contar-nos como deixar o nosso “evento rosa” ainda mais brilhante!
Ivete: Produzir sonhos faz me sentir um pouco fada. Por isso me intitulei “fada madrinha dos noivos” rsrsr

Ana Laura: O tempo de trabalho: quando começa e quando termina seu trabalho com o s noivos?
Ivete: O trabalho estende a tudo: desde o pré-nupcial até o final da festa... guardar docinhos, desligar luzes...

Ana Laura: Ivete, todas sabemos que preparar uma festa dá trabalho. Preparar esse evento então acredito que dá mais ainda... Conte-nos: quais são os primeiros passos que devemos tomar para que tudo ocorra bem?
Ivete: o primeiro passo é o número de convidados – fator primordial. Pois a partir disso que se verificará loca, decoração, potência musical (devido ao ambiente)...

Ana Laura: e se o orçamento for apertado, o que é realmente necessário? Onde é que posso “espremer”?
Ivete: Ao invés de banda: dj...(chega a dar diferença de 3mil :D), a decoração que pode ser usada flores mais simples e muita criatividade – como por exemplo pequenos aquários :D

Ana Laura: E quanto ao vestido, o que é mais indicado: comprar ou locar? E com quanto tempo de antecedência?
Ivete: a locação ainda é mais em conta. A noiva deve ver o vestido SOZINHA - para que NINGUÉM interfira na sua escolha. Quanto à roupa masculina, se for terno clássico, compre-o! O mais indicado é alfaiataria na cor preto, chumbo ou azul marinho. Já quanto a roupa da (s) madrinha (s): nada de floral! Ela não deve aparecer mais do que a noiva ;)

Ana Laura: Em relação ao horário do evento, existe uma regra para o melhor horário para se casar? Como chegar a um consenso?
Ivete: O horário é pessoal. Leva-se em conta o horário da Igreja. Os casamentos feitos no período matutino, são os mais longos. 

#Ao escolher o local, além do espaço, é importante pensar no conforto – cadeiras, sol, calor, chuva, vento... (Ivete Tanzawa)

Ana Laura: Quanto às aias e aos pajens: quantos posso escolher? Qual é a “regra”?
Ivete: os pajens poderiam ter quantos quisessem, o que varia é a regra da Igreja/local. As normas do local. Em Curitiba, não se usa; em Marechal Cândido Rondon (PR), não se pode jogar arroz...

Ana Laura: Em relação aos convites: quanto tempo antes se deve enviar aos convidados? É errado solicitar que confirmem a presença?
Ivete: a partir de 90 dias pode ser encaminhado às pessoas de fora. O que não impede que informalmente sejam informadas as pessoas. A confirmação DEVE acontecer. Inclusive, tenho feito a confirmação ativa, uma vez que mesmo constando no convite as pessoas não confirmam. 
#em alguns lugares, consegue-se fazer a “chamada” /marcação dos lugares (Ivete Tanzawa)


Ana Laura: E quanto aos presentes: quais são as regras? Posso fazer lista ou melhor não?
Ivete: Segundo a etiqueta não deveria nem pedir presente. Mas na prática, a gente faz! Rsrsr Atualmente, como a maioria mora junto, tem-se feito pacotes de viagens ou ainda o presente virtual: icasei.com – presente virtual
#Passar a gravata: passara gravata não é indicado, mas deve-se levar em conta os costumes locais. (Ivete Tanzawa)


Ana Laura: E quanto ao famoso chá de panela e chá bar: posso fazer uma lista ou é errado? Com quanto tempo de antecedência ao casamento pode ser feito?
Ivete: Você pode fazer numa mesma reunião o chá bar e o chá langerie/sexshopp. É ideal que fique meio próximo – 30 dias é o ideal. Atenção com os convidados: é para os amigos íntimos.

Ana Laura: Ivete, mais uma vez muiiito obrigada pelo seu tempo, por parar para estar esse momento conosco. E, peço que deixe o seu contato já que é uma expert em eventos – não só em casamentos. E se tiver mais alguma dica, fique à vontade!
Ivete: Uma dica legal, é que as madrinhas/padrinhos, às vezes querem aproveitar o momento dos noivos: fiquem atentos, pois o brilho da festa deve ser dos noivos!!!

E agora, alguns cliques!

Para as alianças...


Plaquinhas de aviso que são personalizadas de acordo com o desejo dos noivos!
Ivete Tanzawa - organização e assessoria cerimonial
Lindas essas ideias né gurias?! Quem quiser mais informações sobre a assessora Ivete e sua equipe, clique em um dos links abaixo: 

Beijinhos, beijinhos,
Ana Laura

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário aqui.

testando