segunda-feira, 10 de abril de 2017

Botas: as queridinhas para os dias frios - tendências outono/inverno 2017

Olá, gurias! Tudo em ordem com vocês?  Comigo sim...

Gurias, aqui em Joinville os dias de outono estão cada vez mais autênticos rsrsr friozinho, com um sol disfarçado e um pouco de chuva no meio de tudo isso... rsrsr Como o clima deu uma refrescada, não tem como não começar a lembrar das queridinhas para os dias frios: botas, coturnos e afins...


Para quem investiu em botas e coturnos no final da temporada de inverno do ano passado (como eu!) acertou em cheio! Aliás, sempre gosto de comprar as peças fora de temporada hehehe acabo conseguindo coisas lindas a precinhos camarada!

Quem ainda não investiu seu rico dinheirinho numa bota ou coturno ( ou que assim como eu está louca para investir mais algumas verdinhas nesse modelo de calçado) vem comigo que eu fiz uma seleção de alguns modelos que são perfeitos! Para facilitar, escolhi algumas marcas pelas quais sou apaixonada (e de confiança!), pois sempre apresentam produtos com qualidade e conforto.

Minha seleção Arezzo outono/inverno 2017






Minha seleção Dakota outono/inverno 2017











Minha seleção My Comfort outono/inverno 2017




Usaflex outono/inverno 2017

Deu pra perceber que muitos modelos de bota já foram tendência no ano passado (e outras há muitos anos rsrs)... ou seja, quem comprou as botas no final da temporada, poderá usar e abusar das queridinhas! E para quem gosta de ousar um pouco mais, vale investir nas tendências desse ano, que aliás, trazem calçados com muito conforto, como por exemplo os calçados com salto bloco quadrado e o solado tratorado. 

Se observarmos, tudo que está em alta nas roupas, está também nos calçados: verniz, brilho, texturas, couro, veludo... 

Confesso que estou louca pelas botas com solado tratorado, em especial a pretinha da Arezzo (apesar de ainda não acreditar que a usaria muitas vezes!). Outra que não sai do meu coração (e essa é uma daquelas que não sai do pé), são as botas estilo coturno da Dakota. Além de serem super confortáveis, são uma mão na roda, já que dá par usar tanto nos dias frescos de outono, quanto nos mais gélidos do inverno; vai bem com saia, shorts, calça, vestido... enfim, é uma bota daquelas que "tem que ter" no closet rsrsr




E vocês, quais são as suas queridinhas? Quais ainda "precisa" comprar para essa temporada?

Ah, se você sempre fica em dúvida quanto ao tamanho da bota e sua altura, vale a leitura desse post aqui, que fiz há algum tempo, mas que é atual! 

Bjinhos, bjinhos,
Ana Laura 

domingo, 9 de abril de 2017

Bolo de arroz cru - sem glúten (e sem lactose!)

Olá, Gurias! Tudo em ordem com vocês? Comigo sim...

Gurias, em dezembro do ano passado passamos uns dias na casa da minha sogra... e, como sempre, ela fez umas gostosuras! Entre as comidas deliciosas estava uma bolo "misterioso" que comemos no café da tarde... quando a minha sogra me pediu para adivinhar do que era o bolo, chutei tudo quanto é opção - e não acertei, lógico. Quando é que eu imaginaria que daria para fazer bolo de arroz cru... 

Eis que já me aligeirei e pedi a receita! Diferente do meu marido, que odeia compartilhar os detalhes das suas receitas, antes de eu vir embora minha sogra me entregou um papel manuscrito com os todos os detalhes de como preparar o delicioso, leve e saboroso bolo de arroz. Uebaa!!!

Há alguns dias fiz a receita pela primeira vez, ainda com uns pezinhos atrás, já que não sou muito habilidosa na cozinha e foi sucesso (em casa e no trabalho do marido!). Eis que hoje repeti a dose...


Agora chega de papo e vamos para a receita do delicioso Bolo de arroz cru - sem glúten (que pode virar sem lactose, só substituir os produtos!).                     

Ingredientes: 
1 xícara (chá) de arroz cru (210 g)
200 ml de iogurte natural (1 xícara de chá) - usei um copo de iogurte natural Vigor
3/4 xícara (chá) de óleo (180 ml) na primeira vez usei 12 colheres de margarina e também deu certo, mas hoje fiz com óleo e achei que ficou mais saboroso. 
4 ovos
1 xícara (chá) de açúcar (200 g)(um pouco menos, como 1/4, fica melhor!)
50 g de coco ralado (½ xícara de chá) -   usei o Sococo, desidratado e parcialmente desengordurado. 
50 g de queijo parmesão ralado (½ xícara de chá) - na primeira vez usei um pacote do queijo tipo parmesão Parmíssimo e o sabor do queijo ficou bem marcante. Hoje optei pelo Vigor e achei mais harmônico.
1 colher (sopa) de fermento em pó

Modo de preparo
Em uma tigela coloque 1 xícara (chá) de arroz cru, cubra com água e deixe de molho por 3 horas. Depois deste tempo, escorra o arroz e transfira para o liquidificador; junte o iogurte natural, o óleo ou margarina e bata bem até dissolver o arroz. Com o liquidificador ainda ligado, acrescente 4 ovos, o açúcar, o coco ralado, o queijo parmesão e bata bem. Adicione 1 colher (sopa) de fermento em pó e bata somente para misturar.

Despeje a massa em uma forma de pudim (24cm diâmetro x 7cm de altura) untada e leve para assar em forno médio preaquecido a 180°C por +/- 30 minutos (por aqui deu praticamente 1h de forno!). Retire do forno e deixe esfriar. Desenforme e sirva em seguida.

É isso! Apesar de demorar no processo de deixar o arroz de molho, é um bolo que vale a dedicação! Aqui em casa ainda é sucesso! rsrs Ah, e continua fresquinho e saboroso mesmo depois de dois ou três dias.

E vocês, já conheciam essa receita? Caso você faça, compartilhe as adaptações comigo!

Bjinhos, bjinhos,
Ana Laura 
testando