terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Páscoa 2017: meus desejos de chocolates

Olá, gurias! Tudo em ordem com vocês?  Comigo sim...

Como sabem, além de viciada assumida em chocolate, sou daquelas que compra alguma coisa só pelo kit ou combo que acompanha... Confesso que já comprei muita coisa inútil, só porque vinha algo legal de brinde ou porque completaria alguma coleção kkkk

Como já é tradição, as empresas de chocolates estão investindo cada vez mais nos combos compre um chocolate e ganhe algum brinde fofo... Eis que em geral tenho conseguido me segurar bem, mas já vi que a páscoa desse ano será um tanto difícil de se controlar...


Eis a 1ª seleção de kits de páscoa 2017 que já andou circulando pela rede (e que estou desejando!). 

Arcor - Donuts e copo do Homer Simpson 

Cacau Show e Capricho - quero MUITO!

Nestlé - para recordar a infância! 

Garoto (no ano passado comprei desse. Gostei da colher!)

Garoto - lata com ovinhos

Chocolates Brasil Cacau - cofrinho A hora da Aventura

Kopenhagen (óculos de realidade virtual)


Nestlé - lata retrô
Sério, como não desejar essas fofuras??? Em especial as latinhas, o donuts e o kit da Capricho... é muita fofura! Isso que nem coloquei todos os kits da Kopenhagen, com direito a produtos incríveis devido as parcerias com grandes marcas...

Confesso que em geral tenho conseguido me segurar bem em relação aos kits fofos que vejo por ái, mas esse ano o da Cacau show está na lista de compras - definitivamente! A não ser, lógico, que ao ver o produto ao vivo perceba que é puro marketing, como aconteceu algumas vezes e acabei não comprando. Afinal, tudo tem limite! Até o meu gasto com fofuras rsrs

E vocês, também gostam dessas coisas? Qual os kit que já conquistou o seu coração?

bjinhos, bjinhos,
Ana Laura

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Mudança: 7 passos para não enlouquecer ao fazer uma mudança

Olá, gurias! Tudo em ordem com vocês? Comigo sim...

Há alguma semanas comentei com vocês que estava em meio a muitas novidades e que em breve poderia contar. A primeira novidade que agora posso compartilhar, é que mudamos para um novo lar! Isso mesmo, começamos o ano fazendo mudança. 

O apartamento em que morávamos estava pequeno e sentimos a necessidade de um lugar maior, com espaço para receber amigos e familiares, um lugar para o escritório e para minhas gravações no canal do Youtube, que não tenho mais feito justamente por falta de um espaço ideal (agora SIM tenho um lugar para a tão sonhada penteadeira! Aceitando parcerias para divulgar penteadeiras rsrs)

mudanca organziacao mudar de casa

Durante o processo da mudança tomamos algumas medidas que foram primordiais para não enlouquecermos durante e nem depois da mudança feita. E é isso que quero compartilhar com vocês! Elenquei então os 7 passos para não enlouquecer ao fazer uma mudança... são dicas simples mas muito valiosas, que conosco deram certo!

1º Definir quem fará a mudança: empresa ou familiares e amigos?
Como nós não temos familiares por aqui e apenas eu estou em férias, optamos por contratar uma empresa com equipe especializada para fazer a mudança. Pesquisei diversas empresas que prestam esse serviço e escolhi a que me pareceu com um preço dentro do meu orçamento e que faria tudo o que eu precisava: desmontar, embalar os móveis, encaixotar, carregar, e fazer o processo inverso na casa nova.  Como nos mudamos para um apartamento, escolhi uma empresa que tinha capacidade de guardar os móveis caso fosse necessário e que fizessem içamento de móveis - não tinha certeza se o sofá subiria pelo elevador ou sacada. 

2º Caixas, embalagens, plástico filme, plástico bolha...
Como definimos por contratar uma empresa que faz todo o processo, não precisamos nos preocupar tanto com isso. Solicitei e eles disponibilizaram algumas caixas para guardarmos algumas coisas pessoais, aquelas que tenho ciúmes: perfumes, esmaltes, algumas decorações, ferramentas do marido... Aqui em Joinville tem empresas que vendem essas embalagens, no entanto, sempre há a opção de pegar as caixas em mercados ;) O processo de embalar deve começar há pelo menos uma semana antes da data da mudança, assim dá tempo de fazer tudo com calma e de forma organizada (por cômodo, por exemplo!). 

Uma das melhores dicas é: o que não precisa desmontar, não desmonte, apenas passe plástico filme e carregue como está - exemplo? Gavetas com roupas! Outra coisa, coloque as roupas que estavam no cabide dentro de caixas, sem tirar o cabide. A empresa que contratei tinha a opção de carregar as roupas num cabideiro, dentro do caminhão, mas como a minha mudança era rápida (apenas algumas quadras), optei por usar caixas gigantes rsrs Assim agilizaria o processo de descarregar. 

3º Faxina e lista dos que será levado para o novo lar
Quando definimos que sairíamos em busca de um novo lar e nos mudaríamos, comecei a selecionar o que iria levar. Separei coisas que seriam doadas e as que seriam jogadas fora - inclusive armários da cozinha e geladeira. Assim, no momento em que comecei a encaixotar, já sabia exatamente o que seria levado para o novo lar. É bom que dá para começar a casa nova sem aquela bagunça que vamos acumulando com o passar dos anos!

4º Mochila de mudança, entenda o que é.
Definida a data da mudança, é importante fazer uma mochila para os dias da mudança. Aqui em casa isso foi primordial, já que apenas eu estou em férias. Preparei uma mochila com 4 trocas de roupas, desde aquela batidinha para o dia da mudança, até uma troca para um jantar fora! Afinal, nunca se sabe né? E não dá para perder uma balada por não ter roupa adequada rsrs Na mochila também tem que ter: kit de higiene pessoal, remédios de uso contínuo e um kit simples de primeiros socorros. 

5º Documentos: como organizá-los.
Os documentos NUNCA devem ser misturados com o resto da mudança. Afinal, nunca se sabe quando se terminará de abrir as caixas e pode ser que precise dos documentos antes de tudo isso acabar. Em nosso caso, temos nossos documentos separados em pasta arquivo, o que facilitar muito o processo. Se na sua casa ainda não é assim, faça uma caixinha só com os documentos pessoais e carregue consigo durante a mudança ou deixe em algum lugar de sua confiança. 

6º Documentação da casa: água, luz, telefonia, internet, televisão...
Antes de mudarmos, já com o contrato em mãos, tomamos as medidas necessárias e verificamos as questões básicas como luz e água (aqui em Joinville para ser ligada a luz leva até 5 dias úteis!). Como nosso novo lar é em um prédio, foi necessário entrar em contato com o síndico e verificar as regras para a mudança. No mesmo dia em que mudamos, solicitamos a transferência da telefonia, internet e televisão, que foi agendada já para o dia seguinte. 

7º Mudança organizada, menos estresse.
Para reduzir drasticamente o estresse, usamos a técnica de etiquetar TODAS as caixas, além de deixar tudo organizado por cômodo ou produtos. As etiquetas com a descrição do que tinha dentro facilita no momento de colocar cada coisa em seu lugar depois da mudança.  Ao descarregarem no novo lar, os rapazes da empresa que contratei já deixou cada caixa no cômodo certo, o que facilitou MUITO o momento de guardar. Como está calor, deixamos para degelar a geladeira na manhã da mudança, 2h antes da empresa chegar. Colocamos as comidas em uma caixa de isopor com gelos, e quando devolvi para a geladeira, ainda estava como quando coloquei! rsrs

Em menos de 2 dias entre carregar a mudança e descarregar consegui guardar TUDO. Começamos a mudança às 8h de segunda-feira, terminaram de descarregar no novo lar as 15h e fiquei organizando até as 18h. No dia seguinte, comecei a organizar às 10h e às 17h estava com a casa limpa, recebendo as primeiras visitas: meu pai e minha madrasta!

Viu só como dá para fazer uma mudança sem enlouquecer? Confesso que nunca imaginei que um dia faria uma mudança assim, rápida, sem estresse e sem estragar as coisas rsrs Como tudo na vida, parece que a organização e o planejamento realmente fazem a diferença. 

E vocês, quais são as dicas para uma mudança sem estresse?
Bjinhos, bjinhos,
Ana Laura 
testando